Canário-da-terra - Parte 1

Foto acima: 300 mm, f/8, 1/640 s, ISO 400
No Brasil dos tempos coloniais havia uma clara distinção entre aquilo que vinha de Portugal ("pimenta-do-reino", "canário-do-reino") e aquilo que procedia do Continente Americano. É o caso, por exemplo, do canário-da-terra (Sicalis flaveola). Interessante é como essas denominações sobreviveram até nossos dias, embora tenham perdido o impacto original há muito tempo.

Foto acima: 300 mm, f/8, 1/800 s, ISO 400
Veja também: