Catedral de N. Sra. do Amparo - Fotografia Infravermelha

Catedral de Nossa Senhora do Amparo, na cidade paulista de Amparo. Fotografia infravermelha a 720 nanômetros.


Foto acima: 26 mm, f/8, 29.8 s, ISO 100

Furão

Furão com umas patinhas algo humanoides.


Foto acima: 170 mm, f/4.5, 1/400 s, ISO 1600

Uma Porta Para o Século XVIII

Ruínas de uma porta de madeira em muro do Século XVIII, construído com pedras e tijolos de adobe (Pirenópolis - GO).


Foto acima: 30 mm, f/13, 1/80 s, ISO 100

Retrato do Mau Humor

Mau humor? Irritação? Rabugice? Este veado-de-cauda-branca (Odocoileus virginianus) parecia expressar tudo isso (em um só olhar), ao perceber que estava sendo observado.


Foto acima: 300 mm, f/8, 1/200 s, ISO 800

Pequena Trilha Rural - Fotografia Infravermelha

Por esta trilha passam trabalhadores e máquinas agrícolas. E, de vez em quando, alguém para fazer fotos - neste caso, uma infravermelha a 720 nanômetros.


Foto acima: 55 mm, f/8, 1/160 s, ISO 100

Acho que ouvi um ruído estranho...

Onça-pintada (Panthera onca).
Apesar da suposta preguiça, típica de uma tarde morna, ela olhava atentamente para um e outro lado, aspirava o ar como quem fareja alguma coisa, à procura da origem de um certo ruído (devia ser o motor de onda da lente, eu acho).


Foto acima: 300 mm, f/5.6, 1/125 s, ISO 200

Quedas-d'água no Rio Itiquira

Logo abaixo do grande salto o rio Itiquira apresenta outras quedas-d'água. São menores, é verdade, mas muito bonitas.


Foto acima: 30 mm, f/16, 1/10 s, ISO 100


Foto acima: 30 mm, f/18, 1/10 s, ISO 100

Este Coco é Meu!

Sagui-de-tufos-pretos (Callithrix penicillata) no alto de um coqueiro.


Foto acima: f/5.6, 1/125 s, ISO 400

Água Entre Pedras - Fotografia Infravermelha

Água entre pedras, rio Itiquira. Fotografia infravermelha a 720 nanômetros.


Foto acima: 55 mm, f/8, 1/100 s, ISO 100

Cabeça-seca Sobre a Cerca

Um cabeça-seca (Mycteria americana) tenta manter o equilíbrio sobre cerca coberta por vegetação.


Foto acima: 300 mm, f/8, 1/320 s, ISO 500

Oleiro Trabalhando

Oleiro ocupado na confecção de um vaso artesanal em argila.


Foto acima: f/4.1, 1/6 s, ISO 800


Foto acima: f/4.1, 1/6 s, ISO 800

Cheguei!

Garça pousando, lago Paranoá (Brasília - DF).


Foto acima: f/8.3, 1/500 s, ISO 400

Paisagem Campestre

Paisagem campestre no interior do Estado de São Paulo.


Foto acima: f/5, 1/500 s, ISO 64

Biguá Equilibrista

Biguá (Phalacrocorax brasilianus), também conhecido como mergulhão, perfeitamente confortável na função de equilibrista à beira do lago.


Foto acima: f/5.9, 1/500 s, ISO 200