Fachada do Teatro Amazonas, Manaus

Foto acima: f/8.1, 1/320 s, ISO 100
 
O Teatro Amazonas é, com grande probabilidade, o maior símbolo arquitetônico do curto período de prosperidade que a exportação de borracha trouxe ao norte do Brasil em fins do Século XIX e início do Século XX. Restaurado ao seu brilho original, oferece a quem o visita a possibilidade de vislumbrar algo do estilo de vida da elite local na época.
 
Veja também:

Furão de Boca Aberta

Alguém dificilmente verá um furão bem comportado - esses bichos parecem estar continuamente "a todo vapor". Aconteceu, porém, que vi um aparentemente em repouso, e aí está a foto:
 
Foto acima: 240 mm, f/5.3, 1/80 s, ISO 800
 
Já o furão de boca aberta, que dá título à postagem, é o da foto abaixo. Não sei se estava bocejando, mas a mim me parece que o ágil espécime queria mesmo é gritar, e quem saberá dizer o motivo?

Foto acima: 270 mm, f/5.6, 1/250 s, ISO 800

Flor-de-São-João

Foto acima: 300 mm, f/8, 1/1600 s, ISO 800
 
"Já não se fazem festas juninas como antigamente!" - É o que se ouve em São Paulo, e parece mesmo ser verdade. As músicas de quadrilha foram substituídas por sucessos populares do momento e até a criançada vai trajada ao estilo country, e não mais à moda caipira.
 
 
Foto acima: 220 mm, f/8, 1/200 s, ISO 400

Arrumavam-se as festas, antigamente, com as flores da época, daí a flor-de-São-João ter esse nome, por florir abundantemente entre fins de maio e julho. Quase ninguém mais a usa em festas juninas, mas o simpático vegetal não parece dar grande importância a isso e continua a esbaldar-se em belo laranja, ano após ano.

Foto acima: 80 mm, f/8, 1/1000 s, ISO 800

Quedas-d'água em Brotas, SP - Parte 2 (Fotografia Infravermelha)


Foto acima: 116 mm, f/8, 59.8 s, ISO 100

Rios e cachoeiras, sejam grandes ou pequenas, são assuntos privilegiados para a fotografia infravermelha. Nesta postagem estão dois exemplos: quedas-d'água de Brotas, interior de São Paulo.

Foto acima: 160 mm, f/8, 60.4 s, ISO 200
Veja também:

Quedas-d'água em Brotas, SP - Parte 1

Foto acima: 200 mm, f/16, 1/2 s, ISO 100

Quedas-d'água em pleno inverno? Sim, em Brotas (Estado de São Paulo) são maravilhosas.


Foto acima: 98 mm, f/16, 2.5 s, ISO 100

Fim de Tarde na Mata em Fotografia Infravermelha


Foto acima: f/3.5, 1/50 s, ISO 100
 
A tarde vai chegando ao fim, mas ainda há sol suficiente para uma fotografia infravermelha.

Flamingos

Foto acima: f/4.5, 1/320 s, ISO 250
 
A fotografia de hoje é uma homenagem aos que gostam de rosa: flamingos rosados, claro.

Outono

Foto acima: f/4, 1/200 s, ISO 64
 
Os dias ainda estão quentes; as noites, cada vez mais frias. Sopra o vento, as folhas começam a mudar de cor e logo irão cair. É outono.

Foto acima: f/4, 1/80 s, ISO 64 

Duas Locomotivas a Vapor

Foto acima: f/8, 1/160 s, ISO 64
 
Chega a primeira - alemã. Logo vem a segunda - americana. Ambas têm muito o que contar. Em outros tempos, foram as estrelas das ferrovias.
- Olha, lá vem a Maria Fumaça...
Agora, é só lembrança. Memória histórica, aliás.
Neste caso, duas locomotivas a vapor restauradas pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária.

Ninfeias

Foto acima: f/5.9, 1/1000 s, ISO 100
 
Chega a primavera - a lagoa torna-se uma explosão de vida. Para alegria de incontáveis insetos, aparecem as belas ninfeias.


Foto acima: f/5, 1/1000 s, ISO 100 

Cão Idoso em Repouso

Foto acima: f/8, 1/640 s, ISO 400
 
Apesar da idade e do cansaço, o cão tenta manter-se vigilante: abre os olhos, que vão-se fechando lentamente... É melhor repousar.

Igreja de N. Sra. de Lourdes em Águas da Prata

 
Foto acima: f/5.6, 1/500 s, ISO 100

Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, na estância hidromineral de Águas da Prata, Estado de São Paulo.

De Onde Partiam as Monções - Rio Tietê em Porto Feliz

Foto acima: f/5.6, 1/400 s, ISO 64
 
Na fotografia acima vê-se o rio Tietê ao passar por Porto Feliz, interior do Estado de São Paulo. Daqui partiam as monções, ou seja, as expedições fluviais que, no Período Colonial, iam ao interior do Brasil, com a finalidade de procurar metais preciosos. Vale recordar que, na época, Porto Feliz tinha o nome de Araraitaguaba.

Estádio Nacional de Brasília em Fotografia Infravermelha Monocromática

Foto acima: f/3.2, 1/60 s, ISO 100
 
Este é o estádio que foi construído em Brasília para a Copa do Mundo de 2014. Fotografei-o ainda há pouco, com uma câmera que acabou de ser convertida especificamente para fotografia infravermelha.


Foto acima: f/3.2, 1/80 s, ISO 100

Olhar Bovino

 
Se os caninos são amigos do homem, que dizer então dos bovinos? É certo que, em geral, não vivem dentro de nossas casas, não os vemos sentados em poltronas confortáveis e não os levamos semanalmente a pet shops. Talvez exatamente por não terem tantas comodidades e ainda assim nos tolerarem de boa vontade é que os bovinos deveriam ser mais apreciados...

Rodas Sobre Trilhos - Detalhe de um Antigo Carro Ferroviário

Foto acima: f/4.5, 1/80 s, ISO 64
 
As ferrovias, algumas construídas no Século XIX, foram importantes para o desenvolvimento econômico do Brasil. De muitas delas restam apenas lembranças. Na imagem acima, detalhe de um carro antigo, já há muito fora de uso.

Mar e Pedras


Foto acima: f/4.5, 1/500 s, ISO 64
 
Pedras junto ao mar na Praia da Enseada em Ubatuba, Estado de São Paulo.

Onça-parda - Parte 2

Foto acima: f/5, 1/80 s, ISO 100

Nesta postagem a onça-parda ou suçuarana (Puma concolor) aparece em uma imagem que recebeu um tratamento de acordo com efeito digital que simula envelhecimento do papel.

Veja também:

Onça-parda - Parte 1

Foto acima: 260 mm, f/6.3, 1/800 s, ISO 800

Ágil e sorrateira, a onça-parda (Puma concolor) é um belíssimo felino das Américas. Dentre outros nomes, é também conhecida, no Brasil, como suçuarana.


Foto acima: 300 mm, f/5.6, 1/80 s, ISO 640

Veja também:

Escarpas da Serra do Mar

Foto acima: f/4.5, 1/640 s, ISO 64
 
A faixa litorânea é, no Estado de São Paulo, bastante estreita, já que limitada pelas escarpas da Serra do Mar. Curiosamente, nos primeiros tempos coloniais, a Serra do Mar foi avaliada como um autêntico obstáculo à ocupação, por europeus, de áreas do interior, e alguns consideravam o "Caminho do Mar" (que ligava as povoações do litoral, como Santos e São Vicente, ao Planalto Paulista), como o pior caminho que poderia haver no mundo.
Na fotografia desta postagem, tem-se uma vista da Serra do Mar desde Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo.

Mula Atrás de Cerca de Arame Farpado


Foto acima: f/5, 1/200 s, ISO 64

Como será a vida atrás de uma cerca de arame farpado?
Esta mula sabe, com certeza, a resposta.
Olhou fixamente para a câmera, com solene dignidade, e deixou-se fotografar.
O resultado é o que se vê nesta postagem.

Casa Antiga de Fazenda

 
Foto acima: f/4.5, 1/220 s, ISO 64

Desde a segunda metade do Século XIX, chegando até às três primeiras décadas do Século XX, uma parte considerável da Província e, após a proclamação da República, do Estado de São Paulo foi coberta por lavouras de café. As sedes das fazendas eram casas geralmente espaçosas, na qual proprietários e seus familiares costumavam residir em parte do tempo. Nesta fotografia está retratada uma casa de fazenda que sobreviveu até nossos dias.

Rosas - Parte 2

 
Foto acima: 4.5, 1/100 s, ISO 64

Uma técnica interessante ao fotografar flores é usar uma subexposição forte e acionar o flash, mesmo que o registro seja feito sob luz intensa. Essa prática ajuda a escurecer o fundo, mantendo a luz sobre o assunto principal. Em geral funciona, mas, como cada caso é um caso, vale testar sempre.


Foto acima: f/5, 1/60 s, ISO 64 
 
 
Foto acima: f/5, 1/80 s, ISO 125
 
Veja também:

Rosas - Parte 1

Foto acima: 55 mm, f/5.6, 1/20 s, ISO 200

A variedade de rosas que há à disposição dos praticantes da jardinagem é enorme. Quem as ama, a despeito dos espinhos, não se ressente de falta de opções. As rosas são tolerantes em matéria de climas e podem ser cultivadas com sucesso em parte considerável deste planeta.


Foto acima: 55 mm, f/5.6, 1/2 s, ISO 100, + 0.3 EV




Foto acima: 60 mm, f/13, 1/500 s, ISO 400

Veja também:

Cidade de Amparo - SP ao Pôr do Sol

Foto acima: f/5, 1/250 s, ISO 125
 
Vista da cidade paulista de Amparo ao pôr do sol, tendo em primeiro plano a Catedral de Nossa Senhora do Amparo.

Pomba Meditando

Foto acima: f/5, 1/250 s, ISO 64
 
Pombas são consideradas símbolos da paz, do amor, e por aí vai. Esta aqui, no entanto, parece estar em profunda reflexão, e o olhar não pode ser interpretado como extremamente pacífico. Determinado? Talvez.

Rio Vermelho ao Passar Pela Cidade de Goiás

 
A fotografia analógica que serviu de base para esta imagem foi feita há bastante tempo - mais de dez anos, eu acho - em um momento em que o rio Vermelho corria sereno, ou seja, nada de enchente. Um processo digital de "envelhecimento"  da foto produziu o efeito que se vê acima.

Estação Ferroviária de Capivari - SP (Detalhe)

 
Foto acima: f/4, 1/160 s, ISO 64

Vista de uma das laterais da Estação Ferroviária de Capivari, Estado de São Paulo (em ruínas).